sexta-feira, 22 de maio de 2020

Cartilha de pesca Mato Grosso do Sul 2020

A Polícia Militar Ambiental (PMA) do Mato Grosso do Sul publicou a Cartilha de Pesca 2020 com novas regras para a pesca no Estado de MS. 

segunda-feira, 30 de março de 2020

Carretilha Shimano Curado K

Carretilha Shimano Curado K 201 XG 7 rol. 8.5:1 esquerda

A mais querida dentre as famílias de carretilhas de perfil baixo da Shimano ainda mais confiável para suas pescarias diárias. 
Rolamentos: 4S A-RB + 2BB + 1
Recolhimento: 8.5:1
Recolhimento por volta: 91 cm
Drag: 5 Kg
Peso: 220 g
Capacidade de linha mono: 8Lb-180m - 10Lb-155m - 14Lb-110m
Capacidade de linha multifilamento: 30Lb-190m - 50Lb-120m - 65Lb-80m
É um equipamento versátil, com amplo uso em água doce e salgada. 
Possui formato ergonômico e 10% mais compacto na palma da mão. 
Além disso, possui as tecnologias chave da Shimano como Micromodule, e sistema SVS Infinity para arremessos mais longos e macios. 
A sua Curado de sempre ainda mais confiável. Pesque pra valer!



Shimano Curado K você encontra na loja JiG pesca




quarta-feira, 11 de março de 2020

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Cartilha de Pesca Artesanal Legal do MPF


O Ministério Público Federal, MPF, criou uma cartilha com os direitos e deveres para pescadores artesanais para as regiões sul e sudeste.

Contém informações uteis aos pescadores como informações legais, documentos necessários, crimes e infrações, regras e muito mais.

Vale a pena ler e conhecer os seus direitos e os deveres também.



Para ler a cartilha clique em: Cartilha Pesca Artesanal MPF








Você poderá encontrar todos os produtos para sua pesca esportiva em:




sábado, 8 de fevereiro de 2020

Carretilha de perfil alto ou perfil baixo?


A carretilha de pesca é um instrumento afinado. Quando utilizado de maneira certa, pode nos tornar bons pescadores, levando os peixes a atacar nossas iscas com mais intensidade.

As carretilhas são montadas na parte superior da vara de pesca que deve ser apropriada para o uso de carretilhas.

Perfil das carretilhas


O perfil das carretilhas é amplamente determinado pela sua técnica de pesca, capacidade de linha desejada e estilo de manuseio.
São dois os perfis usados, o perfil alto ou redondo e o perfil baixo ou simplesmente chamado de carretilha. 

Carretilhas de perfil baixo


Shimano Curado 201K DC
As carretilhas de perfil baixo são populares devido à sua utilização mais manuseável, aumentando o nível de conforto para os pescadores que seguram a carretilha, bem como a vara, enquanto estão recolhendo a linha ou trabalhando a isca. São de aplicação bastante geral e para várias modalidades de pesca, principalmente as que exigem arremessos constantes e precisos.

Carretilhas de perfil alto


SHimano Cardiff 301A
Só porque as carretilhas de perfil baixo podem ser mais manuseáveis não significa que a as carretilhas de perfil alto sejam mais fracas. Em vez de segurar pela lateral da carretilha, como em uma carretilha de perfil baixo, elas são seguradas por trás. Qual o benefício? O torque. Embora mais alta, sua forma acomoda relações de enrolamento menores na faixa de 4.0:1 a 6.0:1, perfeitas para iscas mais pesadas ou iscas grandes e peixes pesados. Carretilhas de perfil alto geralmente carregam mais linha, tornando-as perfeitas para peixes grandes de mar ou água doce, corrico e pesca nas profundezas.

As carretilhas de perfil alto permitem vários arremessos diferentes. São mais simples de se usar e é um prazer usá-las se você selecionar o modelo certo para a técnica que está praticando. Considere comprar uma se estiver usando iscas como jigs, para um efeito melhor da isca. Alguns utilizam para pesca de Piaparas em rodada. Também muito utilizadas para corrico e pesca pesada em maiores profundidades se você estiver buscando grandes espécies de peixes que exijam muita potência de arranque e maior capacidade de linha.


Carretilhas de Fly

Carretilha de Fly
Existe ainda um terceiro perfil de carretilha especificamente desenhada para a modalidade de pesca com Fly (mosca). Muito utilizada para a pesca de Trutas e Salmões e também funciona muito bem para a pesca de Tilápias, Traíras e Tucunarés. Todo o equipamento deve ser também apropriado para pesca com Fly, desde a carretilha, a vara, a linha e a isca.


Carretilhas elétricas

Carretilha elétrica
Não poderíamos deixar de mencionar a categoria muito especial de carretilhas elétricas. São essencialmente utilizadas na pesca oceânica de grandes profundidades e peixes grandes. São equipamentos sofisticados que permitem o controle do lançamento da linha, o trabalho diferenciado das iscas e o recolhimento, tudo assistido eletronicamente por meio de motores elétricos e processadores digitais. Permitem também a utilização manual, principalmente para o recolhimento. Exigem o uso de baterias e cabos de conexão.

Capacidade de linha das carretilhas


Carretilha com linha
Para a maioria das espécies de água doce, a capacidade da linha não é um problema, com exceção de grandes peixes predadores, como Pintados e Pirararas, ou para estilos de pesca como corrico. Nessas situações, você terá a tranquilidade adicional, sabendo que tem muita linha quando um peixe começa uma corrida. A capacidade da linha está diretamente relacionada ao carretel de uma carretilha e, embora um eixo pequeno aumente a capacidade de um carretel, os carretéis com mais capacidade são modelos redondos de perfil alto. As carretilhas de perfil baixo, pela natureza de seu design, têm carretéis menores e, portanto, menos capacidade de linha. Para a maioria das aplicações de pesca, a capacidade de linha de carretilhas de perfil baixo não é um problema e isso não deve ser uma preocupação séria para robalos, anchovas ou peixes de tamanho semelhante em situações de fisgada.

Dimensionamento das carretilhas


Carretel de carretilha
Você pode encontrar carretilhas com capacidades 10, 100 ou 1000, mas a referência de tamanho é a mesma.
As carretilhas de forma geral usam o intervalo de capacidade de '100'.  
Os carretéis mais comuns encontrados nas carretilhas de perfil baixo são os de 100, 150, 200, 250, 300 e 400, havendo menores também de 50 e 70.
A capacidade de linha de cada um varia em função da espessura da linha a ser utilizada. Linhas de multifilamento tem espessura menor e resistência que pode chegar até a 4 vezes mais do que uma linha de multifilamento.
Como exemplo podemos observar a capacidade de uma carreitlha Shimano Curado K 200:
Capacidade de linha mono: 8Lb-180m - 10Lb-155m - 14Lb-110m
Capacidade de linha multifilamento: 30Lb-190m - 50Lb-120m - 65Lb-80m

Atualmente as carretilhas de perfil alto ou redondo também são encontradas com capacidades entre 100 e 400 como nas de perfil baixo. O que diferencia os dois tipos é a tração maior encontrada nas de perfil alto.
As maiores de perfil alto são comumente encontradas com capacidades entre 500 e 800 e alguns modelos de pesca mais pesada são encontrados com medidas de 20, 30 e 50, não que tenham menos capacidade, ao contrário tem bem mais. Por exemplo uma carretilha Shimano TLD 30 tem uma capacidade 545 m de linha 0,45 mm.

Como se pode perceber não existe um padrão muito rígido para as denominações de capacidade de linha tanto das carretilhas de perfil baixo como para as de perfil alto. O segredo é estar atento às especificações de cada carretilha quando for comprar o equipamento mais adequado à sua modalidade de pesca.

Relação de recolhimento das carretilhas


Relação de recolhimento rápido
A proporção das engrenagens pode ser um problema, dependendo também das espécies de peixe, mas é mais uma questão técnica e de seu estilo de pesca. Em resumo, o carretel de uma carretilha com uma proporção de 6.3:1 girará em torno de 6,3 vezes para cada volta completa da manivela da carretilha.  


Índices de recolhimento:
· Lento – 5.9:1 e inferior
· Moderado – 6.0:1 a 7.2:1
· Rápido - 7.3:1 e acima
Algumas carretilhas de perfil alto maiores possuem duas velocidades de recolhimento que podem ser selecionadas de acordo com a necessidade.

Arrasto nas carretilhas


Estrela de regulagem do arrasto e botão do
 ajuste fino do carretel 
O arrasto (ou Drag) faz muitas coisas para você enquanto pesca. Ele controla os peixes no final do seu recolhimento. Ele também gerencia suas linhas, o ponto de estiramento e de ruptura e a pressão no carretel. Nas carretilhas, é ajustado através de um disco em forma de estrela no mesmo ponto de fixação que a manivela. Também é muito conhecido como embreagem. A construção dos discos de freio também varia. Quando um peixe está puxando a linha, esses discos aquecem e expandem com base na velocidade e pressão. Manter uma pressão constante e consistente é a chave para impedir que sua linha se quebre e coloque esse peixe em suas mãos. Carbono ou grafite e cerâmica são comuns devido às suas propriedades de dissipação e expansão de calor.  

Freios de arremesso nas carretilhas


Botão ajuste fino do carretel junto ao corpo
Ou ajuste fino do carretel é importante, e muitas vezes esquecido. Frear seu carretel é como você o ajusta ao arremesso que está fazendo. Para ajustar, basta recolher sua isca para a ponta da vara e afrouxar o ajuste até que a isca desça lentamente até a água ou o chão, esse é o ponto ideal para evitar cabeleiras. Este ajuste é feito por um botão encontrado no mesmo lado e por baixo do enrolamento da manivela e controla principalmente o movimento inicial do arremesso.

Outro ajuste importante é o freio do carretel, não confundir com o arrasto ou drag. Encontra-se do lado oposto ao lado da manivela e controla o desenrolamento do carretel, no momento que este está desacelerando. Os tipos mais comuns deste freio são:
Pinos de ajuste freio centrífugo
· Centrífugo - Utiliza força centrífuga e pinos configuráveis que se ativam com as velocidades de rotação mais altas do carretel. Normalmente são 4 ou 6 pinos. Quanto mais pinos ativados maior a frenagem.



Freio magnético
· Magnético - Usa ímãs para controlar todo o conjunto. A resistência é constante, independentemente da rotação do carretel e sua intensidade pode ser regulada,


. Misto ou híbrido – utiliza a combinação do centrífugo com o magnético.

Carretilha Curado DC
. Digital – freio com controle eletrônico automático que mede a variação de velocidade do carretel e ajusta o freio automaticamente. Possui um microprocessador que é alimentado por um minúsculo gerador de energia movido pelo movimento de rotação do carretel. Não necessita de baterias. Elimina praticamente as indesejáveis cabeleiras. Veja no video o funcionamento do freio DC: https://www.youtube.com/watch?v=5LRklC6s3Tc

Rolamentos nas carretilhas


Rolamentos de carretilha
Geralmente, quanto mais suave o carretel, maior a quantidade de rolamentos e mais caro o equipamento. Eles podem ser de aço ou cerâmicos. Todas as carretilhas tem um e algumas vezes dois rolamentos de roletes anti-reversos instantâneos que impedem que o carretel gire para trás enquanto estiver engatado. Isso garante fisgadas precisas quando um peixe atinge sua isca.  

Quadro ou estrutura das carretilhas


Estrutura da carretilha
Esta é a base da carretilha. Usinados ou fundidos, geralmente são construídos em grafite, alumínio ou um tipo de liga de alumínio para equilíbrio entre peso e resistência. As carretilhas de maior qualidade serão usinadas em uma única peça para maior rigidez, enquanto as carretilhas mais baratas são construídas usando grafite. As tampas da estrutura podem ser de grafite, alumínio, carbono ou qualquer combinação desses materiais.

Manivelas das carretilhas


 
Manivela de maior tração
A maioria dos modelos de carretilhas tem versões com manivela do lado esquerdo e do lado direito. Alguns modelos de carretilhas mais pesadas, só tem manivela do lado direito. Ainda, conforme a empunhadura, a maioria das carretilhas tem manivela com duas manoplas e outras com uma só manopla e as vezes com contrapeso no lado oposto ao da manopla única.
Os principais materiais são:
· Fibra de carbono / grafite - Ultraleve, rígida e forte. Tudo o que você deseja ao final de um longo dia de pesca.
· Alumínio / liga - A construção varia muito.

Materiais de manoplas nas carretilhas


Manopla emborrachada
· Cortiça - Não é comum, mas é bastante leve e fácil de segurar no tempo chuvoso.
· Borracha de toque suave - Geralmente revestida sobre plástico para aderência em tempo chuvoso.
· EVA - Os mais comuns, podem ser encontrados em praticamente qualquer formato e são fáceis de segurar e acionar o dia todo.
· Grip - Consiste em uma fita adesiva, geralmente em torno de EVA ou cortiça, para um toque suave e aderência extrema.



Você encontra variedade de carretilhas para sua pesca em jigpesca.com.br


quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Medida PE para linhas de pesca multifilamento

Fibras das linhas multifilamento
Quase todas as linhas de pesca multifilamento (linhas trançadas) são feitas com fibras de Polietileno de Ultra Alto Peso Molecular (UHMWPE). O processo de girar ou trançar os fios de fibras confere às diferentes linhas uma sensação e características únicas.
Os fabricantes de linhas de pesca estão cada vez mais usando PE, acrônimo de polietileno, em seus produtos e embalagens. No entanto, é frequentemente usado por vários motivos.

O uso mais comum do "PE" é medir o diâmetro das linhas de pesca de polietileno. Um tamanho de PE (por exemplo, PE 0.6, PE1, PE2, PE3 e assim por diante) é baseado em um sistema de numeração japonês chamado "gouw", que foi originalmente usado para medir o diâmetro do fio de seda.

Quando uma classificação de PE é aplicada às linhas de pesca, é simplesmente uma medida do diâmetro das linhas - não da tensão de quebra das linhas.

Tabela PE de linhas multifilamento

De fato, uma linha classificada como PE 5, por exemplo, pode quebrar com 30 lb, 50 lb, 90 lb ou qualquer outra resistência. Isto pode ser devido à qualidade das fibras, quantidade de fios (isto é, 4, 8, 12 e 16 fios) e ao processo de fiação ou trança desses fios.

Para tornar mais fácil para o consumidor, a maioria das marcas (por exemplo, Daiwa com J-Braid) comercializa suas linhas com uma tensão de ruptura que é 10 vezes maior que a classificação de PE ou seja, 10 X PE 5 = 50 lb. Embora, na maioria dos casos, essas linhas quebrem bem acima da tensão de ruptura anunciada.

Carretel com linha


À medida que os pescadores se tornam mais instruídos sobre a classificação do PE e se aventuram em linhas de 8 ou mais fios, marcas como Shimano, anunciam uma tensão de ruptura mais realista em relação à classificação do PE (ou seja, a trança PE 5 tem uma tensão de ruptura anunciada de 84 lb) para diferenciar seu produto.





Você poderá encontrar todas as linhas multifilamento em:


domingo, 2 de fevereiro de 2020

Guia de linhas de pesca



Linha de pesca é uma peça valiosa entre os equipamentos dos pescadores. Existem muitos recursos na linha de pesca, e isso torna importante o sucesso da pesca. Para determinar a melhor linha de pesca a ser comprada, considere sua técnica de pesca e as condições em que pescará. Você pode combinar esses fatores com diferentes tipos, tamanhos e cores da linha de pesca. A linha de pesca é indiscutivelmente a peça de equipamento mais importante usada por todos os pescadores. Desempenha um papel fundamental: na apresentação da atração, em fisgar o peixe e no recolhimento e desembarque do peixe. No entanto, a maioria dos pescadores permanece confusa e sem conhecimento dos tipos distintos de linha disponíveis e nas propriedades especiais de cada tipo de linha de pesca. Este artigo pode ajudar a entender os prós e os contras dos diferentes produtos, para que no futuro você escolha a linha exata para as situações certas. Mais do que tudo, pode ajudar a pegar mais peixes!

Linha de pesca Monofilamento - linha de alta elasticidade.  


Em 1938, a DuPont anunciou a descoberta do nylon, um “grupo de novos super polímeros sintéticos” que poderia ser transformado em fibras têxteis mais fortes e mais elásticas que o algodão, seda, lã ou rayon. No ano seguinte, a DuPont iniciou a produção comercial da linha de pesca de monofilamento de nylon. Essa nova linha, primitiva pelos padrões de hoje, não pegou imediatamente; as linhas de pesca mais antigas, particularmente Dacron trançadas, permaneceram populares pelas próximas duas décadas. Em 1958, no entanto, a DuPont introduziu o Stren, uma linha mais fina de qualidade mais uniforme que poderia ser usada para diferentes tipos de bobinas, incluindo novos equipamentos como carretilhas e molinetes. Essa linha foi rapidamente adotada pelos pescadores e levou a um boom na popularidade da pesca esportiva porque ajudou a tornar a pesca muito mais fácil.
Até hoje, os produtos de monofilamento continuam populares, representando mais de dois terços de todas as linhas de pesca vendidas. Como o nome sugere, este é um produto de componente único. É formado através de um processo de extrusão no qual o plástico fundido é formado em um cordão através de uma matriz. Esse processo é relativamente barato, produzindo um produto menos dispendioso. O custo é o fator número um em que a linha de monofilamento é tão amplamente popular. Mesmo assim, é importante lembrar que as marcas mais baratas de monofilamento geralmente não recebem atenção, aditivos e  controle adequado de qualidade no processo de acabamento que as linhas de primeira qualidade recebem. Como resultado, eles podem não oferecer as características de resistência à tração, elasticidade, resistência à abrasão e resistência ao nó das linhas de pesca de monofilamento mais caras. Em outras palavras, você obtém o que paga! Linhas monofilamento mais baratas normalmente não apresentam desempenho tão bom quanto marcas mais caras, portanto, cuidado com a marca e o fornecedor. Se você decidir usar o monofilamento, teste várias marcas de nome e fique com as que conhece e confia.
Lembrando sempre que os pesqueiros só permitem o uso de linha monofilamento em seus lagos pois não machucam os peixes que passam pela linha.

Quais iscas você pesca no monofilamento?

1. Iscas de meia água profundas
2. Iscas popper de superficie
3. Iscas vivas
4. Iscas de meia água rasas
5. Iscas de arremesso longo para pesca de praia ou costões
6. Iscas cevadeiras e de pesca em pesqueiros em geral
7. Iscas em pesca de caniços manuais



Linha de pesca Multifilamento - linha sem elasticidade


Antes da descoberta do nylon, o Dacron trançado era a linha de pesca mais popular. Dacron possuía baixa resistência ao nó, baixa resistência à abrasão e pouco alongamento. Por isso, foi usado muito menos após a introdução dos monofilamentos de nylon superiores.
No início dos anos 90, fibras fiadas em gel e aramida, como Spectra, Kevlar e Dyneema, entraram no mercado de linhas de pesca, criando uma categoria de linhas multifilamento, estas fibras sintéticas são finas e incrivelmente resistentes (mais de 10 vezes mais forte que o aço). Os fios de fibra individuais são unidos por meio de um processo de trança intrincado e demorado para produzir linhas ultrafinas, super fortes, sensíveis e caras. Os pescadores que experimentaram as linhas multifilamento no seu início ficaram frustrados com a baixa força dos nós, as folgas, a má coloração e os equipamentos danificados. Muitas dessas desvantagens, superavam os benefícios de força, espessura menor e ultra sensibilidade, considerando o alto custo desses produtos. Os fabricantes de linhas multifilamento fizeram avanços e melhorias contínuas nas fibras da matéria-prima e no processo que as converte em linhas de pesca. A coloração, a capacidade de fundição e a força foram aprimoradas, superando algumas desvantagens iniciais.

As iscas mergulham em maiores profundidades e mais rapidamente quando usadas com linhas multifilamento. E como é menor em diâmetro, as linhas de multifilamento são menos visíveis para os peixes do que o monofilamento, e os pescadores podem enrolar mais linhas em seus carreteis. Esta é uma grande vantagem para o pescador de água salgada. As multifilamento têm pouca ou nenhuma flexibilidade, transmitindo os ataques instantaneamente para a ponta da vara, proporcionando, assim, fisgadas mais rápidas. As multifilamento também permitem lançamentos mais longos, tornando-os ideais para pescadores em terra. Alta resistência à ruptura e baixa elasticidade permitem melhor manuseio de peixes grandes. Os pescadores de água salgada usam mais as multifilamento do que os pescadores de água doce. Às vezes, a linha é usada como suporte (ou cama) para a monofilamento, permitindo que os pescadores utilizem bobinas pequenas enquanto aumentam a capacidade da linha. Muitos pescadores preferem a suavidade da multifilamento para movimentos verticais e corrico. Não encha demais as bobinas com linha multifilamento, fora das medidas indicadas no carretel. O preenchimento excessivo cria fios soltos após o lançamento e causa mais folgas e cabeleiras.
Lembrando que os pesqueiros não permitem o uso de linhas de multifilamento em seus lagos pelos danos e cortes que causam aos peixes que eventualmente podem passar e raspar nas linhas.
Normalmente as linhas de multifilamento são associadas ao uso de carretilhas pelas suas características que permitem arremessos mais fáceis e pela maior quantidade de linha armazenada pelo seu menor diâmetro. Esta não é uma regra que não permita o uso de linhas multifilamento em molinetes principalmente para pesca profunda de grandes peixes.


Cada vez é mais comum que os fabricantes utilizem a medida PE para suas linhas ao invés de libras. Para se situar multiplique a medida em PE por 10 e terá medida em libras, por exemplo PE 2 = 20 lbs, PE 3 = 30 lbs e assim por diante.

Que tipo de isca você pesca com multifilamento?

1. Iscas pesadas
2. Iscas de superfície
3. Iscas de speed jigging, slow jigging e micro jigging
4. Iscas para parcéis
5. Colheres
6. Nas carretilhas elétricas
7. Iscas de hélices
8. Iscas de meia água
9. Jig head
10. Iscas de corrico


Linha de pesca Fluorcarbono - linha de baixa elasticidade


O fluorcarbono é um polímero quase invisível na água porque é um refrator à luz. Como é inerte, resiste à deterioração causada pela luz solar, gasolina, ácido da bateria ou repelentes de insetos. O Flúor também não absorve água. Os líderes da pesca de fluorcarbono originaram-se no Japão, onde os pescadores se dedicam muito particularmente à aparência das iscas. A pesca japonesa é fortemente concorrida; iscas realistas são extremamente importantes. A maioria das linhas de fluorcarbono são invisíveis sob a água. Ultimamente, a popularidade da linha de fluorcarbono tem aumentado. Muitos usam líderes de fluorcarbono, principalmente com linhas de multifilamento em aplicações de água salgada e pesca com mosca, devido à sua baixa visibilidade. Os líderes originais do fluorcarbono eram rígidos e muito caros, mas as novas tecnologias produziram fluorcarbono mais flexível a preços mais acessíveis.
O fluorcarbono certamente oferece vantagens em situações de águas claras, onde os peixes são fortemente pressionados ou demoram a morder. Como o fluorcarbono não absorve a água, ele não enfraquece ou aumenta de elasticidade como uma linha de pesca de monofilamento. A densidade adicionada torna o fluorocarboneto muito resistente à abrasão, por isso é ideal para condições adversas e afunda mais rapidamente do que outros estilos de linhas de pesca. As iscas mergulham mais fundo e mais rapidamente. A linha de fluorocarbono se estende mais devagar e menos que o nylon, principalmente quando comparado ao nylon úmido, e é mais sensível.

As linhas de fluorcarbono, como as multifilamento, requerem atenção especial. Utilize os nós adequados para estas linhas e molhe a linha antes de apertá-la para evitar o enfraquecimento da linha. Sempre teste o nó antes de pescar, porque o nó é o ponto mais fraco da sua linha.

Os fluorcarbonos ainda são mais rígidos que o nylon, mesmo quando estão molhados. Isso requer mais atenção à linha ao arremessar. A linha mais pesada de fluorcarbono é fabricada para uso em varas pesadas, molinetes fortes e grandes iscas. As bobinas de arremesso de iscas podem exigir ajustes adicionais para o momento extra criado pelo maior peso de fluorcarbono. Ajuste os freios do carretel de acordo com o peso da linha para maximizar a distância do arremesso.
Por sua resistência a abrasão as linhas de fluorcarbono são mais utilizadas para a confecção de líderes quando se usa linhas multifilamento, quando usadas inegralmente nos carretéis, são para aplicações especiais como pesca pesada de profundidade, corricos e pesca com iscas vivas para peixes grandes. O custo das linhas de fluorcarbono é o mais elevado entre  as linhas de pesca.

Quais iscas funcionam melhor com fluorcarbono?

1. Iscas de águas profundas como jigs e shadows
2. Corricos
3. Iscas vivas para peixes de couro
4. Iscas de colher

Linhas de Kevlar para pesca – alta resistência



As linhas de Kevlar são utilizadas pricipalmente para aplicações especiais como enlaces para support hooks. Tem forte resistência à tração e à abrasão. 
Sua espessura é maior e não  é recomendada para uso em carretilhas ou molinetes. Seu custo é elevado. 
Pode ser encontrada e comprada em quantidades menores o que facilita sua aquisição.



Comentários sobre linhas de pesca


A linha de pesca não dura para sempre, é por isso que você precisa armazená-la adequadamente. O calor pode ter efeitos sobre as linhas de pesca, mas estudos mostraram que a luz parece fazer ainda mais para enfraquecer as linhas de pesca. Se possível, tente armazenar todas as suas linhas de pesca em um espaço escuro e fresco. Isso prolongará a vida útil da linha de pesca e a manterá como nova linha sempre que você for pescar.

Nenhum tipo de linha é perfeito para todas as condições de pesca. Para escolher a melhor linha, os pescadores devem considerar o tamanho e as espécies de peixes visados, o tipo e as condições da água, o tipo de equipamento utilizado e outros fatores. No entanto, hoje mais do que nunca, com os vários tipos de linhas disponíveis, é importante dedicar tempo ao estudo de cada linha e suas características para que você tenha o melhor para cada situação de pesca. Ao fazer isso, você melhorará sua taxa de captura. Afinal, pescar mais é o que todos esperamos fazer.



Tamanho da linha de pesca


Considerando o tamanho da linha de pesca é outro aspecto importante da escolha da melhor linha de pesca para comprar. Diâmetro e comprimento são os dois elementos que compreendem os tamanhos das linhas de pesca. Os fabricantes classificam o diâmetro da linha em libras, com mais libras igualando a linha mais grossa. Se você optar por peixes maiores, precisará de linhas mais grossas. Você também deve escolher o comprimento certo da linha de pesca. Pense na profundidade e na distância em que se encontra o peixe que irá pescar. Certifique-se de ter comprimento mais que suficiente para levar sua isca a essa profundidade ou distância e considere também outro tanto de linha para a corrida do peixe. Uma regra geral é deixar duas vezes mais o comprimento que vai utilizar para a profundidade ou distância, quando possível. Você também pode considerar encher o carretel de pesca com suporte (ou cama) de monofilamento. Essa parte da sua linha é barata e você pode usá-la para deixar a linha correr quando houver algum peixe arrastando.

Escolhendo uma cor de linha de pesca


Escolher a cor certa da linha é o último passo para determinar como comprar a linha de pesca. Suas opções de cores são claras, azul ou laranja fluorescente, dourado, verde musgo e cinza escuro. A linha transparente funciona bem em águas claras e limpas. A fluorescência azul ou laranja é uma boa opção se você pescar em condições ensolaradas. Você pode ver o sol refletir fora da linha acima da superfície, mas os peixes não detectam o reflexo. O ouro ajuda você a ver sua linha em condições de pouca luz. O verde musgo ou cinza escuro mascara bem sua linha se você pescar em águas escuras ou com muita vegetação.


Linhas na loja JiG pesca

Você encontra as melhores linhas de pesca em nossa loja, nos links:


Linhas Monofilamento:    https://www.jigpesca.com.br/linhas/linhas-monofilamento

Linhas Multifilamento:     https://www.jigpesca.com.br/linhas/linhas-multifilamento

Linhas Fluorcarbono:      https://www.jigpesca.com.br/linhas/leader

Todas as linhas:               https://www.jigpesca.com.br/linhas

Loja: https://jigpesca.com.br